NÓVOA - Firmar a posição como professor, afirmar a posição docente

Jetzt loslegen. Gratis!
oder registrieren mit Ihrer E-Mail-Adresse
Rocket clouds
NÓVOA - Firmar a posição como professor, afirmar a posição docente von Mind Map: NÓVOA - Firmar a posição como professor, afirmar a posição docente

1. formação profissional universitária

1.1. Aprendizagem cognitiva

1.2. Aprendizagem prática

1.3. aprendizagem moral

1.4. Dimensão coletiva do professorado

2. Desmantelar o sistema universitário de formação de professores

2.1. Defensores - não aceitam críticas-

2.2. Reformadores - explodir o sistema atual

2.3. Transformadores - necessidade de mudança profunda no capo da FP

2.4. Desregulação e privatização

3. Formação de Professores

3.1. Hoje

3.1.1. majoritariamente em instituições privadas

3.1.2. Modelos rápidos

3.2. Universatização da FP trouxe ganhos significativos

3.3. Pensar modelo inovadores

3.3.1. modelos que valorizem a preparação, entrada e o desenvolvimento profissional

3.3.2. dentro das instituições de formação

3.3.3. influenciada pela dimensão profissional

3.3.4. valorizar o continuum profissional

3.4. Boa formação de base

3.4.1. Conhecimento científico e cultural

3.5. Indução

3.5.1. Tempo decisivo na vida do professor

3.6. Formação Continuada

3.6.1. Desenvolve-se no espaço da o profissão, resultando de uma reflexão partilhada entre os professores

4. Lugar

4.1. Disposição pessoal

4.1.1. Como aprender a ser professor?

4.1.1.1. Desenvolvimento de uma via cultural e científica

4.1.1.2. Compromisso concreto com a educação

4.1.1.3. Agir em um ambiente de incerteza e imprevisbilidade

4.1.1.4. Desenvolvimento de uma via cultural e científica

4.1.2. Condições e disposições para ser professor

4.1.3. Trabalho de autoconhecimento e autoconstrução

4.1.4. ligação entre as dimensões pessoais e dimensões profissionais

4.2. Interposição profissional

4.2.1. Como aprender a sentir como professor?

4.2.1.1. Eixo da formação profissional

4.2.1.1.1. conhecimento

4.2.1.1.2. socialização

4.2.1.2. Comunidades de práticas/profissionais docentes/ sentido

4.2.2. indução Profissional

4.2.3. Formação continuada

4.3. composição pedagógica

4.3.1. Como aprender a agir como professor?

4.3.1.1. Dicotomia redutora

4.3.1.1.1. Conhecimentos das disciplinas

4.3.1.1.2. Conhecimentos pedagógicos

4.3.1.1.3. Conhecimento Profissional Docente (Tato pedagógico)

4.4. recomposição investigativa

4.4.1. Como aprender a conhecer como professor?

4.4.2. estudos de análise das realidades escolares e do trabalho docente

4.4.2.1. professores a assumirem a autoria dos trabalhos publicados

4.5. exposição pública

4.5.1. Como aprender a intervir como professor?

4.5.2. abertura da escola ao espaço público da educação

4.5.3. interesse comum - criação de uma realidade partilhada

4.5.4. espaço público de discussão, de colaboração e de decisão

4.5.5. tomar posição, publicamente, sobre os grandes temas educativos e participar na construção das políticas públicas

4.6. Híbrido

4.6.1. Novo arranjo institucional

4.7. 1º Entre-lugar:

4.7.1. universidade-escola-políticas públicas

4.8. 2º Entrelaçamentos

4.8.1. Convergência e colaboração

4.8.2. potencialidades para a formação do ser humano

4.9. 3º Encontro

4.9.1. Valorizar os conhecimentos e experiências de todos

4.9.2. Comunidades profissionais docentes/ comunidades de aprendizagem e formação

4.9.2.1. Comunidades de práticas

4.10. 4º Ação Pública

4.10.1. Conhecimento experencial da diversidades das famílias e das comunidades dos futuros alunos

5. Desprofissionalização

5.1. Níveis baixos de salário

5.2. Difíceis condições das escolas

5.3. intensificação do trabalho docente

5.4. lógicas de burocratização e controle

5.5. notório saber

6. Trabalho docente

6.1. Visão técnica, aplicada, prátoca

6.2. Esvaziamento dimensões sociais, culturais e políticas

7. Educação

7.1. privatização

7.2. Formas de gestão privadas

7.2.1. Funções pedagógicas, curriculares e formativas

8. Posição

8.1. Identidade Profissional

8.1.1. Múltiplas identidades

8.1.2. Conjunto de características definitórias do futuro profissional

8.1.3. Compreender o processo como cada um se torna profissional

8.1.4. Compreender como a própria profissão se organiza interna e externamente

8.2. MARCADA

8.2.1. Postura - atitude pessoal

8.2.2. Condição - desenvolvimento de um lugar no interior da profissão docente

8.2.3. Estilo - maneira própria de agir e organizar o trabalho de professor

8.2.4. Arranjo - capacidade de encontrar novas formas de atuar

8.2.5. Opinião - forma de intervenção e afirmação pública da profissão

9. Reforço mútuo entre a formação e a profissão. Não pode haver boa formação de professores se a profissão estiver fragilizada, enfraquecida. Mas também não pode haver uma profissão forte se a formação de professores for desvalorizada e reduzida apenas ao domínio das disciplinas a ensinar ou das técnicas pedagógicas. A formação de professores depende da profissão docente.